Caminhar ou correr? O que é melhor? Como escolher?

Seja para lazer, bem-estar ou apenas manutenção da saúde, incluir atividades físicas no dia a dia é uma ótima solução para buscar qualidade de vida. Nesse cenário, optar por escolhas mais simples, como correr ou caminhar, pode ser o caminho para construir e experimentar hábitos mais saudáveis. Veja o que orienta a educadora física Paula Pinheiro.

A corrida ou caminhada ajudam a fortalecer os músculos, melhorar a saúde cardiovascular e aumentar a resistência física. Além disso, a prática regular de corrida e caminhada pode ajudar a reduzir o risco de doenças crônicas, como diabetes tipo 2, doenças cardíacas e até mesmo certos tipos de câncer.

Bem-estar geral – A caminhada é uma atividade física simples, acessível e eficaz, independentemente da idade ou nível de condicionamento físico. Ideal para aqueles que estão dando os primeiros passos em uma rotina de exercícios, ela representa uma oportunidade valiosa para aprimorar a saúde de maneira geral. Além dos benefícios físicos, a caminhada exerce um impacto positivo notável na saúde mental, a redução do estresse, a melhoria do humor e o aumento do bem-estar geral tornam-se manifestos.

“No entanto, uma vez que seu corpo se acostume a caminhar, você pode querer acelerar o ritmo, e se conseguir transformar pelo menos parte de sua caminhada em uma corrida, pode obter muitos dos mesmos benefícios físicos e mentais em muito menos tempo”, ressalta a educadora física.

 Condicionamento - A corrida é uma atividade física de alta intensidade, exigindo condicionamento físico mais aprimorado, mas sendo uma opção eficaz para melhorar a forma física, perder peso e superar limites pessoais. Indicada para aqueles que já mantêm uma rotina regular de exercícios, a corrida proporciona treinamento cardiovascular intenso, fortalece músculos, melhora a saúde cardiovascular, aumenta a resistência e estimula o metabolismo para a queima de gordura.

“Com as devidas explicações de cada atividade, agora é preciso ter atenção a alguns cuidados. De imediato, use roupas leves e confortáveis, tenha sempre consigo uma garrafinha com água e utilize um tênis esportivo adequado (com amortecimento) para não sobrecarregar as articulações”, completa.

Veja algumas dicas extras:

  • Faça um breve aquecimento para preparar o corpo para a prática.
  • Evite locais com trânsito intenso (ruas e avenidas) e opte por praças e parques.
  • Tome cuidado com pisos irregulares ou terrenos com inclinações.
  • Faça uma refeição leve antes do treino, evitando comidas pesadas.
  • Por segurança, tome cuidado com a exposição prolongada ao sol.
  • Não se esqueça da hidratação antes, durante e depois da prática.
  • Por fim, não esqueça de alongar o corpo para uma boa recuperação pós-